Tráfico de drogas no Brasil  e no restante do mundo, Slides de Sociologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
camila-rocha
camila-rocha19 de Maio de 2017

Tráfico de drogas no Brasil e no restante do mundo, Slides de Sociologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

PPTX (15 MB)
60 páginas
1000+Número de visitas
Descrição
Trabalho de cultura religiosa apresentando o mundo do trafico no Brasil e no restante do mundo
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 60
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 60 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 60 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 60 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 60 pages
baixar o documento

Amanda Ana Carolina Bárbara Camila Iago Ludmila Yara

INTEGRANTESINTEGRANTES

É o comércio de substâncias ilícitas pela maioria dos governos, também conhecido como Narcotráfico.

INTEGRANTESTráfico de Drogas

Na década de 60 acentuou-se significativamente a urbanização do país. No ano de 1970, 56% da população brasileira vivia em cidades. Dez anos depois já eram 68%. A população do campo migrou para as grandes cidades Rio e São Paulo num primeiro momento, em busca de melhores condições de vida.

INTEGRANTESHistórico no Brasil

Os anos 80 são chamados de década perdida no que se refere ao desenvolvimento econômico. Vivido pelo Brasil e por outros países da América Latina. Na maioria destas nações houve crise na economia, aumento da inflação, crescimento baixo do Produto Interno Bruto (PIB), volatilidade de mercados e aumento da desigualdade social.

INTEGRANTESHistórico no Brasil

Nos anos 80, o Brasil se tornou uma importante rota para a droga, cujo destino final era Europa e Estados Unidos, porém, progressivamente, o país tornou-se um bom mercado consumidor.

Com a continuidade do êxodo rural, desemprego, poucas oportunidades de trabalho, as favelas e zonas periféricas não só cresceram, como também se tornaram um local propício para o desenvolvimento do tráfico de drogas.

INTEGRANTESHistórico no Brasil

Drogas Ilícitas

• As drogas ilícitas são substâncias proibidas de serem produzidas, comercializadas e consumidas;

• Por serem proibidas, as drogas ilícitas entram no país de forma ilegal através do tráfico;

Drogas Ilícitas

Arritmia cardíaca, trombose, AVC, necrose cerebral, insuficiência renal e cardíaca, depressão, disforia, alterações nas funções motoras, perda de memória, disfunções no sistema reprodutor e respiratório, câncer, espinhas, convulsões, desidratação, náuseas e exaustão.

Consequências

• Maconha é mundialmente conhecida e sua planta já vem sendo cultivada por milhares de anos. Tornou-se ainda mais popular com o uso de celebridades famosas.

• Seus efeitos são psicoativos, psicodélicos e de extrema euforia podendo ser consumido tanto as folhas como as flores.

• Cada pessoas apresenta uma sensação diferente quando inala e a maioria das pessoas se tornam dependentes facilmente.

Maconha

• Crack é uma das drogas mais consumidas nas ruas ou em lugares pobres.

• É a principal matéria prima da cocaína, pode-se dizer que é uma versão mais barata da mesma, combinada com bicarbonato de sódio.

• Seus efeitos provocam euforia e paranoia extremos deixando o usuário facilmente viciado.

• Crack é uma droga fatal que provoca a morte do consumidor em até 5 anos após a inalação constante.

Crack

• É bem conhecida pelas pessoas por ser obtido através da folha da planta coca, originária da América do Sul.

• Antigamente, era comum índios do peru mastigarem as  folhas que tinham efeitos anestésicos e diminuía o apetite, também há relatos que cocaína já foi usado em crianças como remédios.

• Por ser um grande estimulante do sistema nervoso, suas principais consequências são paranoia e espasmos que duram de 20 minutos até várias horas.

Cocaína

• Também conhecida como droga sintética do amor, êxtase começou a ser comercializada nos anos 80.

• A principal característica é a sensação de felicidade, amor e relaxamento fazendo o usuário se sentir nas nuvens. O consumo é por via oral na forma de pó.

• No passado, êxtase era usado como medicamento psiquiátrico em pacientes com depressão e ansiedade, porém hoje seu uso é ilegal.

Êxtase

• Anfetaminas são usadas na saúde para o tratamento de hiperatividade e para redução do apetite, entretanto essa droga causa estímulos a dopamina e serotonina, substâncias que provocam o bem-estar ou bom humor no corpo humano.

• Sensações de alegria intensa e alívio do cansaço físico são uns dos maiores atrativos para os usuários. Pessoas que precisam ficar acordadas a noite como, por exemplo, motoristas e estudantes fazem parte do grupo de consumidores.

• Podem ser ingerida na forma oral por meio de comprimidos, injetável na veia e pó.

Anfetamina

• Descoberta em 1938, Dietilamida do ácido lisérgico ou LSD tem um grande poder de alucinação. Por acidente o químico Albert Hoffman, enquanto trabalhava na cura do resfriado teve contato com a droga e começou a ter alucinações na volta pra casa.

• Seus principais efeitos são visão e audição aguçadas, alucinação ou paranoia, pânico e sensações físicas modificadas. Uma pequena quantidade da droga é capaz de produzir esses efeitos por isso, normalmente o usuário coloca apenas uma gota da substância, muitas vezes enrolado em um pedaço de papel, em baixo da língua.

LSD

Idade inicial de uso das drogas

Drogas mais usadas no Brasil

Tráfico de drogas

NO BRASIL

Lei da Droga

Lei 11.343/2006 DE 23 DE AGOSTO DE 2006 prescreve medidas para prevenção do uso indevido, atenção e reinserção social de usuários e dependentes de drogas; estabelece normas para repressão à produção não autorizada e ao tráfico ilícito de drogas e define crimes..

Quais são os objetivos da lei

• Coibir o tráfico ilícito de drogas;

• Diferenciar o traficante do usuário;

• Agravar a situação penal do traficante e dos agentes responsáveis pela disseminação de drogas;

• Tratar o usuário como agente que necessita de cuidados, tratamento e proteção do Estado.

“ Art. 28: Quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar será submetido às seguintes penas:

I - advertência sobre os efeitos das drogas; II - prestação de serviços à comunidade; III - medida educativa de comparecimento a programa ou curso educativo."

Posse ou detenção para consumo próprio

Art. 33 . Importar , exportar, remeter, preparar, fabricar, adquirir, vender, expor à venda, oferecer, ter em depósito, transportar, trazer consigo, guardar, prescrever, ministrar, entregar a consumo ou fornecer drogas, ainda que gratuitamente, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar.

Pena: Reclusão de 5 a 15 anos e pagamento de 500 a 1500 dias-multa”

Crime de tráfico de drogas

Produção

• A maioria dos entorpecentes são produzidos em países da América do Sul, do Sudeste Asiático e do Oriente Médio, entrando nos países consumidores através de contrabando.

• Tradicionalmente, os Estados Unidos, o México, a União Europeia, o Japão e especialmente Singapura (onde o tráfico e o consumo de drogas são punidos com a morte) têm imposto uma política de tolerância zero aos países produtores.

• Entretanto, em muitos desses países, a cultura de coca e maconha é uma importante fonte de subsistência, à qual não estão dispostos a abdicar.

• Por outro lado, substâncias psicotrópicas como o LSD, as anfetaminas e outras substâncias sintéticas como o ecstasy são produzidas em países desenvolvidos.

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 60 pages
baixar o documento