Vestibular de Geografia - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - 2010 - PUC MINAS, Notas de estudo de Geografia. Universidade Anhembi Morumbi (UAM)
Copacabana
Copacabana12 de Março de 2013

Vestibular de Geografia - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - 2010 - PUC MINAS, Notas de estudo de Geografia. Universidade Anhembi Morumbi (UAM)

PDF (415 KB)
5 páginas
2Números de download
1000+Número de visitas
Descrição
Vestibular de Geografia da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais do ano 2010.
20pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 5
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 5 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 5 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 5 pages
baixar o documento
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 5 pages
baixar o documento
GEOGRAFIA ÁREAS 1, 2, 3 E 4

12

QUESTÃO 18 Segundo os estudiosos, há várias décadas existem dois modelos rivais, ou seja, duas alternativas de desenvolvimento na América Latina: um deles é liberal e o outro, estatizante. O modelo liberal é extre- mamente aberto ao mercado internacional e aos capitais estrangeiros. Já o modelo estatizante defende a intervenção estatal na economia, repudiando o sistema capitalista e o investimento estrangeiro. Com base na afirmativa, marque a alternativa INCORRETA. a) O Chile é considerado o exemplo clássico do modelo de desenvolvimento liberal na América Lati-

na, em virtude das reformas implantadas desde os anos 70, que deram ao país o título de tigre la- tino-americano.

b) A Venezuela, o Equador e a Bolívia são tidos como exemplos atuais de adoção do modelo estati- zante, a partir da implementação de inúmeras iniciativas intervencionistas em setores estratégicos de suas economias e de um posicionamento contrário à globalização.

c) Cuba é considerado como o país inspirador do modelo estatizante na América Latina, desde a Revolução Socialista de 1959. Apesar disso, o governo cubano vem implementando, de maneira surpreendente, algumas reformas econômicas radicais que visam a sua incorporação à economia capitalista de mercado.

d) O Brasil assumiu uma posição intermediária entre os dois modelos, adotando algumas das refor- mas liberalizantes como a privatização de empresas estatais e a abertura de mercados, preser- vando, contudo, espaços e mecanismos de intervenção do Estado sobre o mercado.

docsity.com

11

QUESTÃO 17 Analise o quadro abaixo, relativo à distribuição da produção industrial no Brasil e, em seguida, marque a afirmativa INCORRETA:

BRASIL

VALOR DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL POR ESTADO (% DO TOTAL)

UNIDADES DA FEDERAÇÃO 1907 1919 1939 1970 2007

Pernambuco 7,4 6,8 4,8 2,1 1,3

Bahia 3,4 2,8 1,4 1,6 5,2

Minas Gerais 4,4 5,6 6,5 7,1 10,4

Rio de Janeiro 7,6 7,4 5,0 15,5 7,9

Guanabara* 30,2 20,8 17,0 - -

São Paulo 15,9 31,5 45,4 57,2 40,5

Paraná 4,5 3,2 2,2 4,5 7,3

Rio Grande do Sul 13,5 11,1 9,8 6,3 8,0

Santa Catarina 1,9 1,9 1,8 3,2 4,8

Outros 11,2 8,9 6,1 2,5 14,6

Total 100,0 100,0 100,0 100,0 100,0

Obs.: * A Guanabara (Distrito Federal até 1960) e o Rio de Janeiro formavam duas unidades separadas até 1975, quando foram fundidos no atual Estado do Rio de Janeiro.

Fonte: VESENTINI, José Willian. Geografia: O mundo em transição. 2009. a) Até os anos 70, observa-se um forte processo de concentração industrial em São Paulo, Rio de

Janeiro e Minas Gerais, que respondiam por cerca de 80% de toda a produção industrial brasilei- ra.

b) A partir dos anos 70, observa-se um processo de desconcentração industrial no Brasil, com uma redução do poder relativo da indústria paulista sobre a produção total brasileira.

c) Mesmo que haja um processo de desconcentração industrial em curso no Brasil, ainda predomi- na, na atualidade, uma forte concentração no sudeste brasileiro, com mais de 50% da produção industrial total.

d) Nas regiões Sul e Nordeste, verifica-se uma estabilidade na distribuição da produção industrial, mantendo-se em posições de absoluto destaque a indústria gaúcha e a pernambucana.

docsity.com

10

QUESTÃO 15 Com o fim da Guerra Fria e com o avanço do processo de globalização, um conjunto de transforma- ções vem ocorrendo nas estruturas de poder mundial. Como reflexo desse processo, algumas organi- zações internacionais criadas no pós-guerra, como a ONU, o FMI e o BIRD, vêm perdendo importân- cia, enquanto outras parecem adquirir maior peso na definição das grandes questões mundiais, como o G-8, o G-20, a OMC e a OCDE. Sobre essas novas organizações, é INCORRETA a seguinte opção. a) O G-8 é o grupo formado pelas sete economias mais ricas do mundo desenvolvido: Estados Uni-

dos, Japão, Alemanha, França, Itália, Reino Unido e Canadá, acrescido da Rússia. Teve um pa- pel importante na discussão de medidas para o enfrentamento da recente crise econômica mun- dial.

b) O G-20 é o grupo das nações mais pobres do mundo, que exibem os piores indicadores econômi- cos e sociais. Tem tido um papel fundamental no debate de temas como o endividamento exter- no, a concentração mundial da riqueza e a fome.

c) A OMC (Organização Mundial do Comércio), formada por cerca de 150 nações, tem tido um pa- pel fundamental na supervisão dos acordos comerciais, na defesa do livre-comércio e na media- ção de conflitos comerciais entre os países signatários.

d) A OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), é formada por 30 paí- ses membros, responsáveis por mais da metade da economia mundial. Busca promover políticas que assegurem o crescimento econômico, a melhoria da qualidade de vida nos países membros e a liberalização do comércio.

QUESTÃO 16

“A população brasileira está cada vez mais velha, seguindo uma tendência que se observa desde 1992. Pessoas com 60 anos ou mais, que eram 7,9% da população brasileira em 1992, passaram a ser 11,1% no ano passado. Já o índice de crianças de até 9 anos, que representavam 22,1% dos brasilei- ros há 17 anos, chegou a 15,5% em 2008. As constatações são da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgadas nesta sex- ta-feira.”

(Folha de S.Paulo. 18/09/2009.)

Essas mudanças observadas na estrutura etária da população brasileira estão relacionadas aos se- guintes fatores, EXCETO: a) Redução da taxa bruta de natalidade, em todas as regiões e classes sociais. b) Diminuição da taxa bruta de mortalidade e elevação da expectativa média de vida da população. c) Elevação das taxas de mortalidade infantil, em virtude da redução da renda média da população

mais pobre. d) Maior acesso da população aos métodos contraceptivos, além de melhoria gradual do nível de

escolarização e do nível de renda das famílias mais pobres.

docsity.com

9

QUESTÃO 14 O mapa representa a amplitude térmica anual (em ºC) global. Sobre a sua leitura, NÃO se pode afirmar:

a) as amplitudes térmicas são maiores no Hemisfério Norte, porque a concentração de terras nesse

hemisfério as acentua. b) as amplitudes térmicas são mais baixas no Hemisfério Sul em função da predominância de ocea-

nos, condicionando maior retenção de energia pela água. c) as amplitudes térmicas são iguais sobre oceanos e continentes. d) as amplitudes térmicas não são derivadas diretamente da exposição à insolação.

docsity.com

8

PROVA DE GEOGRAFIA

QUESTÃO 12 Observe o mapa abaixo, contendo os fusos horários globais. Numa situação hipotética, um indivíduo que reside na cidade de Manaus (60ºW) pega um voo, em direção a Moscou (45ºE), às 06:00h. Su- pondo-se que o tempo de voo entre as duas cidades é de 18 horas, o passageiro iria desembarcar no destino final, no horário de Greenwich, às:

a) 04:00h. b) 24:00h. c) 18:00h. d) 06:00h.

QUESTÃO 13 A vastidão territorial do Brasil condicionou a existência de um grande conjunto de formas de relevo que se relacionam a grandes domínios climáticos. Sobre o relevo brasileiro, é CORRETO afirmar: a) Predominam as formas horizontais e sub-horizontais em grandes porções do território, indicando

a antiguidade litológica. b) Os planaltos são, percentualmente, as formas mais abundantes de relevo e atestam a

predominância dos processos de sedimentação atuantes. c) As planícies constituem a maior parte das formas de relevo na região amazônica, dado o intenso

trabalho fluvial. d) As depressões compõem os fundos dos vales fluviais e não possuem expressão territorial.

docsity.com

comentários (0)
Até o momento nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!
Esta é apenas uma pré-visualização
3 shown on 5 pages
baixar o documento