W aglomer (guardado automaticamente), Manual de Fundamentos de Físicao. European University Portugal
isaias_paradzai
isaias_paradzai12 de março de 2016

W aglomer (guardado automaticamente), Manual de Fundamentos de Físicao. European University Portugal

DOCX (77 KB)
4 páginas
360Número de visitas
Descrição
trabalho para estudos
20 pontos
Pontos de download necessários para baixar
este documento
baixar o documento
Pré-visualização3 páginas / 4

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 4 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 4 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 4 pages

baixar o documento

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 4 pages

baixar o documento

ÍNDICE

I. INTRODUÇÃO..................................................................................................................................... 2

1.1. OBJECTIVOS................................................................................................................................2

1.1.1. Geral:..................................................................................................................................... 2

1.1.2. Específicos:............................................................................................................................ 2

II. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA.............................................................................................................. 3

2.1. AGLOMERANTE......................................................................................................................... 3

2.1.1. Definição:...................................................................................................................................3

2.1.2. Função de aglomerantes.............................................................................................................3

2.1.3. Propriedades dos aglomerantes..................................................................................................4

2.1.4. Classificação de aglomerantes................................................................................................... 5

2.1.4.1. Quimicamente inertes:....................................................................................................... 5

2.1.4.2. Quimicamente activos:...................................................................................................... 6

2.1.5. Aglomerantes mais importantes:........................................................................................... 7

III. CONCLUSÃO....................................................................................................................................... 10

IV. BIBLIOGRAFIA....................................................................................................................................11

I. INTRODUÇÃO

AGLOMERANTES

Projecto de Construções Rurais e Ambiência 1 1

Os materiais de construção podem ser simples ou compostos, obtidos directamente da

natureza ou podem constituir o resultado de trabalho industrial. Deve-se conhecê-los, pois de sua

escolha depende parte da solidez, durabilidade e beleza das obras. Além disso não basta que

qualquer construção atenda apenas a esses três requisitos - também o factor económico pesa

bastante na escolha do material. Como um dos exemplos de materiais de construção temos, o

aglomerante, que são produtos empregados para rejuntar alvenarias ou para a execução de

revestimentos de peças estruturais.

I.1. OBJECTIVOS

I.1. Geral: ✓ Descrever os aglomerantes

I.2. Específicos: ✓ Definir os aglomerantes;

✓ Conhecer as funções dos aglomerantes;

✓ Abordar acerca das propriedades dos aglomerantes;

✓ Classificar os aglomerantes.

II. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

I.2. AGLOMERANTE

AGLOMERANTES

Projecto de Construções Rurais e Ambiência 1 2

I.3. Definição:

Um aglomerante ou ligante é um material que tem a finalidade a aglutinação de outros

materiais (agregados), influenciando desta forma a resistência do material resultante.

Aglomerante é o material activo, ligante, em geral pulverulento (que se reduz a pó ou se

apresenta em estado de pó), quando misturados com água formam pastas que endurecem pela

secagem e como consequência de reacções químicas. Com o processo de secagem o aglomerante

adere-se nas superfícies com as quais foram postas em contacto.

Os principais aglomerantes são: cimento, cal aérea, cal hidráulica e gesso.

Alguns conceitos:

Pasta = aglomerante + água

Nata = pasta muito fluída

Argamassa = pasta + agregado miúdo

Concreto = argamassa + agregado graúdo

I.4. Função de aglomerantes

A principal função é de formar uma pasta que promove a união entre os grãos do

agregado, utilizados na obtenção das argamassas e concretos, na forma da própria pasta e

também na confecção de natas – usadas para:

✓ Revestimento de pisos e paredes;

✓ Obtenção e união de componentes de Construção Civil;

✓ Construção de elementos e componentes estruturais;

✓ Estabilização de solos.

I.5. Propriedades dos aglomerantes

AGLOMERANTES

Projecto de Construções Rurais e Ambiência 1 3

• PEGA: período inicial de solidificação da pasta. A pega se dá, quando a pasta começa a

perder sua plasticidade.

O fim de Pega: o fim da pega se dá quando a pasta se solidifica totalmente, não significando,

no entanto, que ela tenha adquirido toda a sua resistência, o que só será conseguido após anos.

AGLOMERANTES TEMPO DE INÍCIODE PEGA EXEMPLO

De pega rápida Menos de 8 minutos Gesso de Paris

Cimento Romano

De pega semi-lenta De 8 a 30 minutos Alguns cimentos naturais

De pega lenta De 30 minutos a 6 horas Cimento Portland

Cimento aluminoso

Cimento pozolânico

Cimento metalúrgico

Cal aérea

• ENDURECIMENTO: ganho de resistência, mesmo após o final da pega.

• COEFICIENTE DE RENDIMENTO: rendimento é o volume de pasta, obtido com uma

unidade de volume de aglomerante.

ou

AGLOMERANTES

Projecto de Construções Rurais e Ambiência 1 4

comentários (0)

Até o momento nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar!

Esta é apenas uma pré-visualização

3 shown on 4 pages

baixar o documento